OVO E CORAÇÃO COMBINAM?

ovo_coracao

Hoje falamos de ovo, pão com ovo e etc, e esse negócio num é uma delicia? Pois é, eu gosto muito. E ai a gente fica pensando, lembrando da época de republica e tantas coisas, e você fica se perguntando: Nossa, como eu conseguia me virar? Então, você pensa, será que precisa de dinheiro? Sim, é bom, afinal, vivemos em um mundo que precisamos dele. Mas precisamos dele para ser feliz? Acho que não. Sempre rola piadas por ai dizendo que é melhor sofrer em paris do que em qualquer lugar rsrs… pode até ser verdade, mas em paris ou aqui, não é isso que faz a gente feliz! Um ambiente como o Cozinha Modesta, que sempre ressalto, e hoje vou ressaltar mais uma vez, acho ANIMAL, acho SHOW DE BOLA! Lugares e pessoas como essas, interligadas por um mundo virtual, mas sempre com boas intenções, isso sim, isso faz as coisas se tornarem mais belas.

Então como eu faço algo romantico? Será que um jantar regato a champgnem francês? Talvez, admito, é bom! Mas as vezes não precisa disso tudo! Vou receber amigos, mas amigos de verdade, será que preciso fazer um caviar? Talvez! Na verdade eu acho horrível caviar rs… mas se for amor de verdade, se forem amigos de verdade, eles vão sentar e comer um ovo deliciosamente com você. E vão se divertir com vc.

Mas ai, você em recompensa pelo amor e pela amizade, resolve fazer algo diferente, um ovo de coração! Sempre tenha uma forma de coração, comprada nessas lojas que vendem de tudo. Coloque em uma frigideira e frite um ovo lá dentro com todo amor e respeito pela sua paixão e pelos seus amigos!

Tenham um ótimo final de semana, e prometo que volto só segunda tá Flávia Palazzo de Rezende rsrsrs…. Bombei de receitas esses dias aqui, e o final de semana infelizmente não será na cozinha, mas será com bom amigos!

OBS: NA VERDADE MESMO! A FOTO FICOU TRASH E NÃO FICOU UM CORAÇÃO LINDO! KKKKK …. MAS TA VALENDO! 

WINE WORLD ADVENTURE – uma volta ao mundo do vinho

wine

Quem não sonha em dar uma volta ao mundo? E melhor ainda, com sua família percorrendo os mais diversos cantos bucólicos e produtores de vinho de nosso planeta. É isso que Horácio Moraes Barros e seus dois filhos, Natália Vieira Barros e Pedro Henrique Barros estão fazendo. Nós do Cozinha pra Machos os apresentamos a vocês com muito orgulho e felicidade pois a partir de agora esses três vão nos passar super dicas sobre vinhos e tudo que rola sobre esse assunto fascinante que tanto gostamos.

E um carinho mais que especial sobre a participação deles é porque posso chamá-los de Tio Horácio e primos queridos Nat e Curuma! Não dá nem para acreditar que brincávamos de alerta na rua da vovó lá em Varginha – MG há alguns anos atrás!

Bom, se você quer curtir essa viagem junto conosco entre no blog deles www.wineworldadventure.com ou pelo facebookWWA BARROS e apaixone-se por essa incrível viagem! Deem uma olhada nas fotos maravilhosas, conheça o Moto home da IVECO que eles estão usando e deliciem-se com as lindas adegas, vinhos e degustações ao redor do mundo.

#ficaadica do WWA:

https://www.facebook.com/wineworldadventure

 

 wine2

Um abraço a todos!

Turma do Cozinha pra Machos e Wine World Adventure

um abraço especial do Leandro Andreatta para o Trio do WWA!

COZINHA….LOCAL DE ENCONTRO

fogão_lenha

Cozinhar é bom; para quem gosta! Afinal, tem muita gente que não gosta, acha uma atividade chata, principalmente aquela cozinha dia-a-dia. Geralmente, os homens que gostam de cozinhar exercem essa atividade aos finais de semana, algo diferente da maioria das mulheres que acabam efetuando essa tarefa por necessidade, quase que diariamente.

Lógico, que com tantas mudanças culturais e sociais, em muitos casos esse papel já foi alterado em nossa sociedade. Hoje, o hábito de se alimentar fora ou com lanches rápidos em casa tornou-se cada vez mais comum. Mas isso não vem ao caso agora, pois aqui meu amigo, tenho apenas a “pretensão” de relembrar com vocês que a cozinha sempre foi um dos locais mais importantes da casa, afinal, quase todo mundo, assim como eu, deve ter boas lembranças, certo?

Eu, por exemplo,lembro da minha avó, que fazia um maravilhoso arroz com feijão e um bolo de fubá muito é “dos bão”. E aquele cheiro de café que o meu avô passava logo cedo? Ô coisa boa essas lembranças! Lembro também, que ainda pequeno, muitos assuntos da família eram discutidos na mesa do almoço ou do jantar, inclusive as fofocas familiares rsrs… Assim como o assunto escola, provas, entre outras atividades infantis eram ali discutidas. Além disso, curtia muito quando os meus amigos iam para a minha casa no final das baladas, pois minha mãe, lá pelas 5h da manhã, fritava batata frita pra gente. Bom isso, heim? Inclusive, até hoje, não comi batata frita como a que a minha mãe fazia. Na casa dos amigos não era diferente. Quantas e quantas vezes fui a churrascos que os pais de alguns preparavam, em que o pai era o responsável pela carne e a mãe acabava fazendo a farofa e o arroz.

Neste blog, por exemplo, brincamos com a palavra “Machos na Cozinha”, mas, na verdade, pouco importa quem está cozinhando: se é homem, mulher, jovem, idoso, ou quem sabe, até uma criança preparando uma simples gelatina. O que realmente importa é que a cozinha sempre foi um local de encontro, de discutir assuntos sérios, às vezes até tristes, mas também o local de dar boas risadas e guardar boas lembranças. Lembranças e memórias como quando descobri que a minha avó tinha câncer na hora do almoço, comunicado com toda a delicadeza por ela, ou quando minha mãe brigava para eu comer de boca fechada. O primeiro almoço na casa da primeira namorada, ou do jantar preparado para pedir a esposa em casamento; fazer guerra de feijão com a mulekada; comer cachorro quente dos bons com guaraná… Ainda recordo de chegar morrendo de fome da escola e aquele “rango” simples, sem grandes mistérios: um arroz, feijão, o bom e velho bife e um tomate (eita coisa boa, quer coisa melhor que isso? )

Hoje, eu, um dos autores do blog (porque na teoria somos quatro caras, mas na verdade, somos muito mais do que isso, através de gente bacana que participa aqui), ainda tenho o prazer de fazer coisas boas com os meus “mulekes” após as brincadeiras. Enfim, cozinhar com eles é relembrar tudo isso; esse prazer, essa vida que gira em torno da cozinha.

E, olha meu amigo, pouco importa se você é um bom cozinheiro ou não, se sabe fazer pratos elaborados ou apenas fritar um ovo. O bom mesmo é estar rodeado de amigos, da família, em torno de uma mesa, vivendo, conversando, rindo e discutindo questões importantes sobre o presente, o futuro…e até mesmo sobre como podemos contribuir para que tantos outros possam ter esta oportunidade de ter uma mesa cheia, recheada de histórias…E de verdade, torço para que muitas pessoas e muitos “machos” (rs) tenham esta possibilidade e o prazer em ter a cozinha como um dos cantos mais interessantes da casa…

…. e mesmo que no futuro a gente já não queira mais cozinhar, que a cozinha continue sendo o lugar pra gente conversar!!!! ….

conversando

Abraços!

A. Aquino